Evolução dos Computadores

Atualmente não vivemos mais sem os nossos notebooks, smartphones e tablets. Temos tudo na palma de nossas mãos. Mas não foi sempre assim. Acredito que chegará o dia em que os computadores pessoais e notebooks que ainda utilizamos em nosso dia-a-dia serão totalmente substituídos por dispositivos cada vez mais compactos e completos.

Os primeiros computadores eram máquinas enormes, que nada pareciam com os equipamentos que utilizamos hoje.

Prepare-se para fazer uma viagem ao tempo e conhecer alguns dos antepassados dos nossos inseparáveis smartphones:

 

1945 - ENIAC

Fonte: http://blog.efacil.com.br/eniac-o-primeiro-computador-do-mundo.html

 

IBM 1401 – 1959

Fonte: http://ibm-1401.info/1401_withpeople_c-.jpg

 

Altair 8800 - 1975

Fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Altair_8800,_Smithsonian_Museum.jpg

 

Apple I – 1976

Fonte: http://feitadesonhosenaiad.blogspot.com.br/2011_04_01_archive.html

 

IBM PC - 1981

Fonte: http://redes-e-servidores.blogspot.com.br/2013/03/a-evolucao-da-computacao-computacao.html

Estes são apenas alguns dos primeiros computadores que deram origem à toda tecnologia que nos cerca. Para saber mais ou simplesmente conhecer outros modelos de computadores faça uma pesquisa na internet sobre o assunto. Espero que tenham gostado!

Por Lúcio de Mendonça, Coordenador de Tecnologia.

Microempreendedor Individual

Imagine a seguinte situação: você é uma pessoa que trabalha por conta própria. Possui visão de futuro e espera que seu negócio progrida. Mas seu negócio não é formalizado, ou seja, não possui CNPJ - Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas e, como tal, não pode emitir nota fiscal. Este simples fato (de não possuir este cadastro) pode se tornar um problema para o crescimento do negócio.

Veja a situação: você oferece seu negócio, digamos, de pedreiro a uma empresa qualquer para a realização uma pequena obra. Estabelece seu preço e o prazo de conclusão da mesma. No ato do fechamento do negócio, a empresa contratante solicita à você a emissão da nota fiscal pela prestação dos serviços. Como você não está formalizado (não possui o CNPJ) perde o negócio.

Esta situação é fictícia, mas acontecerá sempre que uma pessoa física tentar prestar serviços a uma empresa.

Por outro lado, formalizar um empreendimento é bastante caro e burocrático. As despesas para a criação e manutenção de uma organização faz com que as pessoas desistam de formalizar seus negócios.

Pensando neste pequeno contratempo, o Governo Federal criou o MEI – Microempreendedor Individual, que é a forma mais rápida para a formalização do pequeno negócio. Uma vez formalizado, o pequeno empreendedor terá um CNPJ, emitirá nota fiscal e poderá estabelecer negócios mais rentáveis e lucrativos com empresas. Antes da formalização seu negócio ficará restrito aos contratos entre pessoas físicas.

Bem, mas e as taxas de manutenção? Não são custosas. Por fim, O tempo para se formalizar é rápido. Logicamente, esta possibilidade não está disponível para qualquer empreendimento.

Para saber mais visite o link http://www.portaldoempreendedor.gov.br/mei-microempreendedor-individual/atividades-permitidas/lista-completa-de-atividades-permitidas-ao-mei.

Imagem: http://thumbs.dreamstime.com/x/fure-figura-chave-de-introdu%C3%A7%C3%A3o-no-dinheiro-10140755.jpg

Por Glauco Carvalho, Instrutor de Gestão Empresarial.

Composição e Sabor do Refrigerante


Os refrigerantes são bebidas gaseificadas não alcoólicas e não fermentadas muito populares. Porém, sua composição, que parece ser complexa, devido aos diferentes sabores, odores e características visuais, é mais simples do que se pensa. A bebida é basicamente água potável (90%), suco ou extrato vegetal, açúcar ou edulcorantes (adoçantes) e dióxido de carbono (CO2). Além destes componentes básicos, podem ser adicionados conservantes, acidulantes, antioxidantes, aromatizantes e corantes, que auxiliam na manutenção do controle de acidez, odor e sabor da bebida.

Os sucos concentrados ou extratos vegetais, tais como quinino, noz-de-cola e sementes de guaraná, bem como o CO2, são primordiais em se tratando do sabor do refrigerante. O gás carbônico, por exemplo, possui característica incolor e em contato com a água forma ácido carbônico (H2CO3), garantindo a acidez da bebida, de modo a realçar seu paladar. O gás em questão também determina a aparência, pois é responsável pela efervescência do refrigerante, popularmente chamado de “gás”.

É sabido que a quantidade de gás afeta diretamente o sabor da bebida e muitos acreditam que o refrigerante fornecido em garrafa de vidro é mais saboroso que o de garrafa PET, porém são fatores que as pessoas dificilmente conseguem explicar e correlacionar, mas que estão diretamente ligados. O vidro possui suas moléculas bem próximas, de modo que não permite que o CO2 escape, enquanto que a garrafa PET possui uma porosidade maior, ou seja, o gás escapa da garrafa com mais facilidade. Isso sem considerar que o plástico possui micropartículas que se desprendem da garrafa e são transferidos para a bebida, comprometendo o sabor.

 

Por Wallace Oliveira, Instrutor de Química.

Valentine's Day

 

O Dia dos Namorados é conhecido em muitos países ao redor do mundo como Dia de São Valentim ou Valentine's Day e é comemorado em 14 de Fevereiro. Neste dia se celebra o amor entre os casais apaixonados; geralmente se surpreende a pessoa amada com cartões, flores, joias, bombons, jantares românticos ou até mesmo um pedido de casamento.

Muitos acreditam que o Dia de São Valentim origina-se da história de um sacerdote católico da Roma Antiga que se chamava Valentim. Durante o governo do imperador Claudius II, ficou proibido que se realizassem casamentos, pois ele desejava formar um grande exército. O tirano pensava que se jovens não tivessem família se alistariam mais facilmente, se dedicariam mais ao exército e, portanto, haveria mais soldados empenhados em defender o seu Império. O sacerdote Valentim considerou o decreto injusto e continuou a casar os jovens apaixonados em segredo. Essa prática foi descoberta, o sacerdote foi preso e condenado à morte. Enquanto Valentim estava preso, muitos jovens o presenteavam com flores e bilhetes para reafirmar que ainda acreditavam no amor. Uma dessas pessoas era Julia, uma jovem cega, filha do carcereiro. Ela milagrosamente recuperou a visão e os dois se apaixonaram. Julia e Valentim não puderam viver esse amor, pois ele foi decapitado em 14 de Fevereiro de 270 d.C. Reza a lenda que Julia plantou uma amendoeira de flores rosadas junto a tumba de Valentim. Hoje as amêndoas são símbolo de amor e de amizades duradouras. Não há qualquer fato que comprove esta história, porém ela é aceita em muitos países como a origem do Dia de São Valentim.

Em muitos países hispânicos o Dia de São Valentim é chamado de Día del Amor y de la Amistad ou Día de los Enamorados, pois neste dia é tradição presentear as pessoas pelas quais se tem um carinho especial, independente de existir algum romance entre elas.

Na Colômbia e na Bolívia o Dia do Amor e da Amizade é comemorado em Setembro e além da tradicional troca de presentes, flores e cartões, é comum realizar o jogo do Amigo Secreto ou Invisível.

Nos Estados Unidos, é chamado de Valentine's Day e também não é comemorado somente pelos casais apaixonados. A data tem um sentido mais amplo e amigos também podem presentear uns aos outros com doces e cartões para mostrar seu carinho. Na escola, as crianças também fazem cartões para presentear os colegas e os pais.

 

Por Mariana e Jéssica, Instrutoras de Idiomas.

 

 

Sites de consulta:

http://www.resumosetrabalhos.com.br

http://www.timeanddate.com

http://www.creable.com.mx

http://www.educando.edu.do

http://www.brasileirosnosestadosunidos.com/

 

Imagens:

 

  1. Título "Happy Valentine's Day" - ClipArt do Word

  2. Título "Feliz San Valentin" - ClipArt do Word